sexta-feira, 30 de março de 2012

Falling Apart

Eu acreditava que esse ano seria repleto de grandes oportunidades... pensava que superaria as minhas expectativas... mas a cada dia que se passa as coisas parecem piorar.

Todos os problemas que eu acreditava ter resolvido, parecem estar retornando aos poucos. Me atingindo lentamente, para que seja uma dor grande e duradoura.

Tenho medo de cair em depressão.... Eu realmente não quero que isso aconteça... Os motivos pelo qual essa ideia me passa pela cabeça?

Eu tenho medo, muito medo. Pensamentos negativos estão indo e vindo e a ideia de morte, às vezes, me parece melhor do que viver "só" nesse mundo.

Penso em como seria bom viver no paraíso com Deus ao invés de ficar aqui no mundo onde não me encaixo. Mas nada me garante que se eu morresse eu chegaria ao destino desejado.

Na escola... meu rendimento não vai nada bem. Até porque quando tento prestar atenção em algo, uma certa coisa me vem a cabeça e me faz perder a concentração.

Penso no futuro... quando me surgiu a oportunidade de fazer uma aula de desenho, de evoluir, aparece a notícia de que o vestibular da UFRN será 100% ENEM, o que fará a concorrência triplicar e eu perdi as esperanças de passar em Design ou qualquer outro curso que eu tenha interesse...

Penso sobre a coisa... o que não me ajuda a ficar feliz. A saudade me tortura a cada dia, além de outros fatores que não posso revelar.

Penso sobre eu mesma... como agi no passado, o que ando fazendo no presente, penso nos meus defeitos (mas nunca penso nas qualidades, eu acho), penso no que posso melhorar (mas não consigo melhorar), penso nos meus problemas...

Penso na minha velha companheira Solidão, que desde o ano de 2009 me persegue. Pessoas próximas estão partindo temporariamente ou pretendem ir embora pra sempre... Mas você pode conhecer novas pessoas! Não é tão simples assim... Sou muito difícil para fazer novas amizades... não consigo me aproximar das pessoas porque me considero completamente ultrapassada. Vou me sentir só e o pior de tudo é que dessa vez não vou ter mais para onde correr! O tempo passou, fugir não vai adiantar de nada! Se for para fugir dos problemas, só há a morte! Mas não quero isso...

Penso em como, ultimamente, tenho me sentido inútil, burra, feia, retardada, depressiva, complexada, humilhada, traumatizada...

Eu quero chorar, chorar por tudo isso... não consigo! Por isso a dor fica presa dentro de mim. Por isso me domina. Por isso me consome.... Por isso desmorono.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget